Conscientize-se quanto ao barulho em seu condomínio

Respeitar os horários permitidos para barulho é um passo importante para evitar conflito com seus vizinhos. #PraCegoVer casal deitado sobre a cama e homem tocando violão para o bebê que está na barriga.

O barulho excessivo é um problema que  não se restringe apenas a uma questão de estar cumprindo ou não o Regulamento Interno do condomínio.

Antes de mais nada, é uma questão de atenção para com o outro, de compreender o que ele sente e colocar-se em seu lugar.

As palavras-chave para a questão são empatia e bom senso, que, neste contexto, consistem na capacidade de oferecer ao próximo o respeito e cuidado que você gostaria de receber.

Por isso, sempre que for fazer uma festa, uma reunião ou qualquer outra atividade mais ruidosa, pense se o barulho pode incomodar alguém.

Um de seus vizinhos, por exemplo, pode ter filhos pequenos ou, ainda, estar cansado do trabalho e tentando dormir ou ver um filme.

Portanto, seja compreensivo e aja em favor do bem comum, evitando conflitos desnecessários: avalie se o condomínio é o local adequado para o ruído que você vai produzir.

Para ajudá-lo a refletir um pouco mais sobre o assunto, neste texto, separei dicas muito importantes sobre como você pode evitar conflitos com seus vizinhos.

Continue a leitura e fique por dentro das 4 dicas de etiqueta sobre barulho no condomínio que separei para você.  

Barulho em Condomínio: é Possível Controlar?

A questão do barulho no condomínio excede o simples cumprimento das regras presentes no Regulamento: é uma questão de empatia e bom senso.

Porém, nem sempre conseguimos evitar os ruídos, principalmente quando temos crianças em casa.

É difícil manter as crianças 100% quietas todo o tempo. Mas não são elas apenas que provocam barulho no condomínio, os adultos também produzem e muito.

Contudo, é possível controlar os ruídos e evitar incomodar os demais moradores do condomínio.

Separei, a seguir, alguns dos tópicos mais reclamados pelos condôminos e 4 dicas de etiqueta para ajudá-lo a ser um bom vizinho e evitar conflitos. Acompanhe.

Esteja atento aos ruídos nas reformas

Para reformas ou, ainda, pequenas intervenções, como mudança de móveis e trabalho com furadeiras, por exemplo, deve-se utilizar o horário comercial.

E para incomodar o mínimo possível seus vizinhos, o mais importante: evite os fins de semana.

E lembre-se sempre de que mesmo durante o dia, há um limite de ruído permitido.

Lembre-se do vizinho do andar debaixo

Muitas vezes, seu vizinho pode sentir-se incomodado com alguns ruídos frequentes, tais como o barulho de salto alto, móveis sendo arrastados ou crianças correndo. 

A situação é extremamente comum e pode ter como causa a falta de isolamento acústico na construção. Para contornar o problema e evitar brigas, pense em soluções alternativas, como restringir o horário para esse tipo de ruído ou, ainda, colocar tapetes para abafar e isolar os sons.

Atenção ao som alto

É consensual: todo mundo gosta de música!

Contudo, para quem está estudando ou querendo concentração, música ou o ensaio de algum instrumento musical pode ser bastante incômodo.

Por essa razão, estabeleça um horário razoável para prática de seu instrumento e adote medidas de isolamento acústico no ambiente onde costuma tocá-lo.

O mesmo vale para o som eletrônico, pois pode ser que seu vizinho não esteja disposto a ouvir sua música preferida no volume máximo. 

Quanto ao horário razoável, lembre-se que, das 22h às 9h, a maioria das pessoas está dormindo ou tentando dormir!

Use o bom senso a fim de evitar advertências, multas, “caras feias”, entre outras conseqüências desagradáveis. 

Informe-se quanto ao horário de barulho nas áreas externas

É inevitável não produzir ruídos enquanto usufrui das áreas de lazer do condomínio, como quadras, playgrounds, piscinas e churrasqueiras. 

Contudo, o condomínio regulamenta o horário de uso desses ambientes, principalmente quando envolve o uso de aparelhos sonoros. 

O horário convencional para uso das áreas costuma ser das 10h às 22h, salvo em dias específicos, como aniversários, festas e eventos, por exemplo. 

Dessa maneira, informe-se com o síndico de seu condomínio sobre o horário permitido em dias especiais e utilize as áreas de lazer de modo consciente.

O que você achou das dicas de etiqueta que dei para você neste texto? Compartilhe abaixo suas impressões ou alguma dúvida se tiver.

Para mais informações ou para saber mais sobre o funcionamento de condomínios, acesse nosso site ou fale com de nossos atendentes pelo  WhatsApp

Ainda, se preferir, venha até nossa sede para conversarmos!

Endereço: Rua Gonçalves Chaves, 762. Centro, Pelotas.

Autor

Como Gestora da área de Condomínios na Fuhro Souto, junto à equipe de facilitadoras, oferece as melhores soluções para quem busca uma administradora profissional de condomínios em Pelotas. Intermedia as relações entre síndicos e condôminos, oferecendo as melhores soluções do mercado imobiliário.

Escrever Comentário