O Dezembro Vermelho visa alertar sobre os sintomas, perigos, formas de contágio e prevenção contra a AIDS. A data foi estabelecida internacionalmente em 1987, por decisão da Assembleia Mundial de Saúde com o apoio da Organização das Nações Unidas (ONU).  

No Brasil, a campanha surgiu em 1988 e foi adotada pelo Ministério da Saúde. A ideia do projeto era que, a partir do momento em que recebessem informações e tomassem consciência sobre a doença, ou seja, formas de contágio, cuidados a serem tomados e formas de tratamento, as pessoas tomariam mais cuidado.

Em 1991, a fitinha vermelha começou a circular e até mesmo artistas de Nova York começaram a usá-la para lembrar da luta contra a AIDS e transmitir solidariedade e apoio aos portadores da doença.

Porém, a doença ainda é desconhecida por uma grande parte da população, que ainda insiste em lidar de modo preconceituoso com o assunto. Por isso, siga a leitura deste post e fique por dentro da campanha Dezembro Vermelho e quais os benefícios que traz para sociedade.

Campanha do Dezembro Vermelho

A criação de datas de conscientização, como o Outubro Rosa e o Novembro Azul, por exemplo, é essencial para trazer em pauta debates importantes na agenda da sociedade. É uma maneira criativa e eficiente de chamar atenção para temas complexos, mas extremamente necessários.

A cor escolhida para ilustrar este mês tão importante foi o vermelho e o projeto da imagem foi criado em 1991, por um coletivo de artistas de Nova York. De acordo com Frank Moore, artista do grupo, a cor vermelha foi escolhida devido à relação ao sangue e à paixão, e o laço remete ao laço amarelo que honrava os soldados norte-americanos que foram para a Guerra Fria.

Com a internacionalização do símbolo, hoje, o laço que ilustra o Dezembro Vermelho é relacionado aos laços afetivos, a solidariedade e ao comprometimento.

A Diferença Entre AIDS e HIV

Ainda hoje, a diferença entre um termo e outro é confundido com frequência. Portanto, saber a diferença entre os dois e usar a nomenclatura correta para cada caso é essencial para contribuir com a causa do Dezembro Vermelho. 

A AIDS é um efeito colateral causado pelo vírus do HIV e, por falta de informação, na década de 1980, muitas pessoas viveram a epidemia da doença. Atualmente, graças à evolução científica, boa parte das pessoas que possuem o vírus do HIV não tem AIDS, devido ao acompanhamento correto da doença.

Agora que você já sabe a diferença entre os termos e a história da campanha, veja quais são os métodos de prevenção.

Métodos de Prevenção 

A doença que atinge homens e mulheres, independente da idade ou classe social, deve ser levada a sério, e a prevenção do HIV é essencial para que mais pessoas não sejam infectadas. Portanto, veja os métodos de prevenção:

  • uso de preservativo durante as relações sexuais;
  • utilização de seringas e agulhas descartáveis;
  • uso de luvas para manipular feridas e líquidos corporais.

Tratamento

Os tratamentos são realizados por meio de medicamentos, com o objetivo de proteger o sistema imunológico, bloqueando a multiplicação do HIV. Em situações de contágio ou exposição ao vírus, é possível optar por duas formas de tratamento. Saiba:

  • Profilaxia Pós-Exposição: o tratamento pode ser solicitado por qualquer pessoa que foi exposta ao vírus, seja por conta de acidentes com agulhas ou após relações sexuais sem o uso de camisinha.
  • Profilaxia Pré-Exposição: este procedimento é indicado para os casos de relações que possuem uma das pessoas contaminada com o vírus. O tratamento consiste em medicamentos para evitar o contágio.

Fique Atento

O Dezembro Vermelho é o mês oficial de conscientização da AIDS. Porém, os cuidados devem ser tomados durante todo o ano, para que a campanha alcance seu objetivo. 

A Fuhro Souto apoia e valoriza essa causa, por isso, promove o acesso à informação como forma de conscientizar e alertar a população sobre o assunto. 

Gostou deste post? Promova a conscientização e compartilhe este texto com seus amigos e familiares para eles ficarem por dentro desta campanha tão importante.

Rodrigo Fuhro Souto
Autor

Com 34 anos de atuação no mercado imobiliário pelotense, nós, da Fuhro, estamos sempre em busca de melhoria contínua. Queremos oferecer aos nossos clientes e colaboradores oportunidades incríveis de relacionamento. Temos nisto nosso principal objetivo enquanto empresa: fazer de nosso trabalho um atalho para a realização de muitos sonhos. Há 3 anos à frente deste segmento, venho reforçar nosso compromisso em criar uma equipe que transmita aos nossos clientes aquilo que mais cultivamos: experiências incríveis.

Escrever Comentário